Os selantes ideais para construção são produtos versáteis com a função de impermeabilizar e vedar juntas de fachadas e pisos

Muitas pessoas devem se fazer a mesma pergunta quando observam prédios e residências: por que pisos e fachadas precisam ter juntas? E se elas são necessárias, por que é preciso usar selantes para tratamento de juntas?

Todas as fachadas e pavimentações estão sujeitos à expansão e à contração. Isso ocorre devido a variações térmicas e ao excesso de umidade, por exemplo. Daí a importância das juntas nas construções.

As juntas têm a função de permitir a movimentação das estruturas e de acomodar pequenas variações previstas no projeto. No entanto, elas não podem ficar expostas, precisam ser preenchidas com os selantes, que proveem resistência e acabamento. Os selantes são produtos indispensáveis em qualquer obra, pelos motivos que você verá a seguir.

Os selantes são usados em banheiros, cozinha, área de serviço, áreas externas e até em ambientes internos. Sem eles, ambientes externos e internos ficariam expostos a efeitos indesejados, como a infiltração de água e/ou a infestação de insetos nas juntas, por exemplo.

Diferentes tipos disponíveis no mercado

Os selantes estão divididos em três grupos, cada um com as suas respectivas características de comportamentos de acordo com a maneira ou a área em que são aplicados.

Por isso, é fundamental definir de antemão o resultado desejado e consultar o vendedor sobre o melhor produto para cada caso:

  • À base de poliuretano: apresenta alto alongamento e boa adesão a diversos substratos. Têm resistência a temperaturas de até 100°C, mas sem resistência química por serem orgânicos. Em áreas externas, podem apresentar alterações em suas propriedades.
  • À base de silicone: são inorgânicos, ou seja, têm maior resistência química; são flexíveis em faixas de temperaturas amplas; não esfarelam, racham ou abrem; e são mais resistentes a raios UV e à água – dois elementos abundantes em áreas externas.
  • Acrílicos: são muito usados em vedações internas de fendas pequenas, mas não indicados para uso em boxes, por exemplo, devido à baixa adesão ao vidro. A aderência em superfícies de reboco e concreto, por exemplo, proporciona selagem e uniformização ideais para produtos de acabamento, como tintas.

As principais características dos selantes

Veja porque estes produtos são tão versáteis e capazes de se adaptar a diferentes necessidades:

  • Barreira a gases e vapor.
  • Resistência à fadiga e movimentos repetitivos.
  • Resistência a alterações de temperatura.
  • Resistência a produtos químicos, como os de limpeza.
  • Aderência a diferentes superfícies.
  • Reduzem a possibilidade de proliferação de fungos e bactérias.

Dicas de aplicação do selante

A praticidade é um dos principais segredos do sucesso desses produtos. Eles são muito eficientes não só durante a construção, mas nos pequenos reparos e ajustes e nos projetos do it yourself (“faça você mesmo”).
Mas algumas dicas são indispensáveis para o melhor uso (e desempenho):

  • Use equipamentos de proteção individual, como luvas e óculos.
  • Limpe bem a área antes de aplicar.
  • Ajuste o bico do aplicador de acordo com a junta a ser preenchida.
  • Aplique com uma inclinação 45 graus do aplicador em relação à superfície.
  • Aplique em fluxo contínuo para uma melhor uniformidade.
  • Use uma espátula ou outra ferramenta que achar conveniente para o acabamento.
  • Depois do uso, aproveite eventuais sobras no bico do aplicar para vedação do produto.